PROJETO ADOTE UMA LESÃO

Confira os relatos aprovados
adote-uma-lesao_marca-principal.png

Caros Congressistas! É com muita alegria que compartilho com vocês que estaremos participando mais uma vez de um Congresso tão grandioso, o qual se caracteriza pela qualidade e cientificidade dos Temas abordados e palestrantes renomados, com certeza condizente com o nível dos congressistas participantes.
 

O Projeto Adote uma Lesão, com Certificação de Registro de Marca junto ao Instituto Nacional de propriedade Industrial sob o nº 914968106, em parceria com a Universidade Federal de Santa Maria- UFSM-RS.

 

E desde 2015, atuamos em parceria com a nossa Sociedade Brasileira de Enfermagem em Feridas e Estética- SOBENFeE, a qual sempre apoiou e auxiliou para a concretização deste na divulgação e apresentação de Relatos de Experiência dos profissionais que atuam na Prevenção e Tratamento de Lesões, e consequente incentivo às publicações de artigos dos reatos apresentados.

 

Vale ressaltar que Adotar a(s) lesão(s) de um paciente se estende a todo indivíduo portador ou com risco de desencadear a mesma(s). Insere-se neste contexto todos os pacientes internados ou não, em Instituições Hospitalares, Asilares, Ambulatoriais, Domiciliares, usuários cadastrados em programas de Atenção Básica.

 

O “ADOTAR UMA LESÃO” inclui ainda envolver a equipe multiprofissional e interdisciplinar para evolução efetiva do tratamento.

 

A busca da conscientização dos profissionais desta área aliando conhecimento científico e competência técnica irão garantir a redução dos índices tão elevados de lesões a serem tratadas e efetivamente cicatrizadas, contribuindo para uma sociedade mais saudável física e emocionalmente.

 

A escolha do produto, cobertura a ser utilizada no tratamento deve ser coerente com a fase da cicatrização e ou o estágio da mesma, avaliando os fatores que predispõe ou interferem na sua evolução (idade, doença de base, fatores nutricionais, infecções, clínica laboratorial...).

 

NÃO é responsabilidade do profissional da área da saúde fornecer ao paciente a cobertura, bem como os material para realização do curativo. Este projeto tem como entre muitos objetivos, envolver e comprometer os Órgãos Governamentais, Estaduais, Municipais no auxílio de recursos financeiros para o tratamento desta comorbidade, corresponsabilizando também paciente, familiar e/ou seu cuidador na reabilitação e fechamento da lesão.

 

Por isso, na intenção de promover e estimular nossa enfermagem, convido aos congressistas inscrever seus trabalhos como relatos de experiência, compartilhando suas práticas baseadas em evidência. O tempo para apresentação será de até 10 min.

 

Reforçando que este tem como principal objetivo apresentar imagens da lesão inicial até sua efetiva cicatrização, bem como detalhamento da história e clínica do paciente, o qual está disponível na forma de check list no site do Congresso.

Um forte e carinhoso abraço a todos!

Foto-Neida-300x298.jpg

Drª Enfª Neida Luiza Kaspary Pellenz

Objetivo Geral

  • Intervir na prevenção e tratamento de lesões de pele por meio de capacitações a profissionais da área da saúde e comunidade em geral.

Objetivos específicos

  • Comprometer a Enfermagem no uso de sua atribuição legal à prevenção e tratamento de lesões, com atuação efetiva da equipe multiprofissional.

  • Buscar alternativas de cuidado que possam contribuir para evolução eficaz no processo de cicatrização.

  • Envolver as Instituições de saúde e órgãos competentes para o investimento e possibilidade de tecnologias de cobertura para prevenção da integridade cutânea e tratamento das lesões.

  • Motivar o paciente com lesão, seu familiar e/ou cuidador, para adesão do seu tratamento, co-responsabilzando-os para auxiliar na sua reabilitação, melhora de sua qualidade de vida,

  • Enfatizar a necessidade de avaliação da equipe multiprofissional dos fatores que predispõe ao desenvolvimento das lesões, como idade, doença de base, nutrição, clinica laboratorial, saúde mental, qualidade de vida.

  • Fortalecer a Enfermagem como profissionais atuantes na sua especificidade aliando a sua competência técnica fundamentada no conhecimento científico.

  • Organizar um Simpósio Nacional promovendo o projeto Adote uma lesão com o objetivo de compartilhar experiências práticas e conhecimentos científicos sobre o tema central deste projeto.

  • Estimular os profissionais da área da saúde, em especial os enfermeiros à produção de publicações científicas das lesões adotadas.

 

Histórico do projeto

Acompanhar a evolução dos portadores de lesões é um desafio para diversas equipes de saúde.

 

O alto índice de pessoas que apresentam alterações na integridade da pele resultou num grande problema de saúde pública. Por isso, em 2008, a Profª. Enfª Neida Luiza Kaspary Pellenz criou o projeto Adote uma lesão.

 

Em 2015, o projeto foi apresentado à comunidade acadêmica e a profissionais da saúde no Congresso Brasileiro de Enfermagem, em parceria com a SOBENFeE (Sociedade Brasileira de Enfermagem em Feridas e Estética).

 

Em 2017 e 2018 os relatos de experiência já eram parte do congresso SOBENFeE e neste ano, continuamos a nossa parceria.

Orientações para a submissão do seu Relato de Experiência

  1. Baixe o Termo de Consentimento e Avaliação

  2. Preencha-o completamente, inclua fotos, colete as assinaturas necessárias e salve o Termo em PDF

  3. Baixe o Check-List que será o seu instrumento guia para a escrita do relato

  4. Preencha corretamente todo o formulário on-line de submissão

  5. Insira a ordem completa dos autores participantes, CPF’s e Instituições

  6. Escolha a categoria: Projeto Adote uma Lesão

  7. Opte pela forma: Relato de Experiência - Adote uma Lesão

  8. Escreva seu resumo obedecendo as regras de submissão do Congresso

  9. Anexe o Termo de Consentimento e Avaliação

  10. Clique em “Salvar Resumo”.

 

IMPORTANTE: NÃO ESQUEÇA DE ANEXAR O TERMO DE CONSENTIMENTO E AVALIAÇÃO!

#FicaADica

O instrumento de avaliação deve estar totalmente completo. Assim, poderemos identificar a predisposição à cicatrização, como IDADE, DOENÇA DE BASE, NUTRIÇÃO, COMORBIDADES e ACESSO A SERVIÇOS DE SAÚDE.

A APRESENTAÇÃO APÓS O ACEITE

O autor responsável pela submissão do relato será comunicado, por e-mail, do resultado da avaliação.

Tendo sido aceito para apresentação no Congresso, o autor:

  • Deverá entregar seu arquivo em formato .PPT no Media Desk com antecedência mínima de 1 hora para o início de sua sessão.

  • Cada apresentação oral pode durar até 10 minutos, sendo 8 minutos para apresentação e 2 minutos para comentários.

​​

REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO

  • Ser profissional da área ou estudante de graduação

  • Cada autor principal pode submeter até 3 trabalhos

  • Cada trabalho pode conter até 8 autores

  • Até 3 trabalhos apresentados pelos próprios autores

PREMIAÇÃO

Serão premiados os melhores trabalhos, as definições desta premiação serão divulgadas em breve. 

DÚVIDAS E ESCLARECIMENTOS

logo_MEZCLA.png

Em caso de dúvidas ou para mais informações, favor entrar em contato com a Secretaria Executiva no e-mail Programacaocientifica3@mezclaeventos.com.br ou WhatsApp 21 99752-2726 (falar com Catiucia Oliveira)